Archive for the ‘Assassinato’ Tag

Júri recompensa a incompetência de PMs que mataram João

fotomenino
Sofri na mão de leitores tecnicistas quando critiquei a decisão do Ministério Público estadual, que pediu em 28 de junho a absolvição de um PM que matou o estudante Daniel Duque, numa briga na porta de uma boate em Ipanema, no Rio. Eu apenas defendia que essa atitude abriria a porta para outros atos de impunidade. Não deu outra, seis meses depois.

Agora há pouco o Júri acabou de absolver o PM William de Paula da acusação de homicídio do menino João Roberto, de apenas 3 anos, que foi morto depois que o policial e um colega confundiram o carro dirigido pela mãe dele com um veículo com bandidos em fuga. O Júri condenou o policial militar apenas por lesão corporal, por ter ferido a mãe e um irmão do menino. A pena: um ano de serviços comunitários.

Novamente tudo indica que a absolvição aconteceu em função da atuação do Ministério Público, que acusou o PM de homicídio doloso (quando há intenção). Ninguém tem dúvida de que os PMs não mataram intencionalmente o menino. Tanto assim que o PM admitiu ontem que cometeu o erro ao confundir o carro. Portanto, os jurados entenderam que o PM não teve a intenção de matar a criança.

Só que a incompetência dos PMs, que custou a vida de uma criança, foi recompensada com a absolvição do homicídio. Se o Ministério Público tivesse acusado o policial de homicídio culposo, talvez o Júri entendesse melhor como poderia contribuir para a redução da impunidade no Rio.

Agora será mais uma família a lidar com a sensação de que seu parente é morto mais uma vez. E quantas famílias ainda estarão expostas a erros graves como esses, cometidos por agentes do Estado?

Kibado do blog do Jorge Antônio Barros

Foto: Hipólito Pereira/ Agência O GLOBO

Anúncios

Montes Claros: Homicídio n.º 81 em 2008

Moradores da zona rural de Montes Claros, acostumados com a tranqüilidade, temem pelo aumento da insegurança após o registro de mais um homicídio na tarde de domingo, 30 de novembro.

O jovem Pedro Elton dos Reis Silveira, de 16 anos foi assassinado, por volta das 17h30, com dois tiros, sendo um no pescoço e outro nas costas. O crime ocorreu no distrito de Ermidinha, distante 40 quilômetros do perímetro urbano da cidade.

Dois suspeitos, um deles conhecido pela alcunha de “Ney”, em um veículo Vectra, de cor verde, estão sendo procurados pela polícia. Segundo a PM, os desconhecidos são apontados por testemunhas como sendo os autores do homicídio.

A Visita
Testemunhas informaram aos investigadores da polícia que, os criminosos chegaram à casa da vítima e gritaram pelo seu nome. Ao sair para atender a visita indesejada, o jovem adolescente foi surpreendido com um tiro no pescoço. Ferido, ele tentou retornar para dentro de casa, mas foi acertado com outro tiro nas costas. Pedro Elton não resistiu aos ferimentos e morreu na porta de sua moradia.

Consumado o crime, os atiradores fugiram do local. Os motivos e autoria do homicídio são desconhecidos, mas a polícia suspeita de vingança. De acordo com levantamentos feitos na cena do crime, a vítima teria agredido um outro adolescente na região há cerca de seis meses.

O corpo de Pedro Elton foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), após levantamento realizado pela perícia técnica da Polícia Civil. O Boletim de Ocorrência (BO) lavrado pela PM foi entregue na delegacia de plantão da PC que irá instaurar inquérito policial para apurar o assassinato.

Controvérsia
Apesar dos 81 homicídios registrados em Montes Claros, a Policia Civil insiste em desconsiderar os assassinatos ocorridos na zona rural do município. Deste total, segundo a PC, apenas 79 homicídios fazem parte das estatísticas de crimes torpes registrados na cidade.

Kibado do Blog Bastidores do Crime

80ª pessoa assassinada em Montes Claros neste ano

Na tarde desta terça-feira 18, mais uma pessoa foi executada em Montes Claros. A vítima foi um homem de 29 anos, Renilson Antunes dos Santos, conhecido como Guinha, morador da Rua C, no Bairro Ciro dos Anjos.

Xu Medeiros

Ele foi executado com dois tiros, segundo informações, a vítima teria dado uma carona para uma mulher ainda não identificada, até o fórum da cidade, ao sair do local o carro de Guinha, um Corsa de cor vermelha, foi cercado por uma moto, o passageiro teria feito os disparos.

No local nove cápsulas deflagradas foram encontradas, de acordo com os peritos a arma usada no homicídio foi uma pistola modelo 380. No carro marca de tiros podem ser vistas por toda à parte. Há suspeitas que o crime tenha ligação com o tráfico de drogas. 

Mulher
A esposa da vítima esteve no local, Ana Paula Fernandes Silva, disse aos policias que não têm suspeitas de quem possa ter cometido o crime.

Entre os pertences da vítima foram encontrados R$ 1.159,00 além de um aparelho celular e documentos pessoais. O rapaz foi executado na esquina das Ruas General Carneiro com João Souto, centro, por volta das 15h.

Ligações
Durante os trabalhos da polícia o aparelho celular da vítima não parou de tocar. De acordo com os policias as ligações recebidas podem ajudar nas investigações. Eles afirmam ainda que em poucos dias os suspeitos possam ser presos.

Homicídios
Durante todo o ano de 2007 o número de homicídios chegou a 79, faltando um mês e 11 dias para o fim de 2008, esse índice foi superado. Em Montes Claros Renilson foi à vítima de número 80 este ano. Apesar de ações conjuntas entre polícia civil e militar o crime não para.

Xu Medeiros

Moradores vizinhos da cena do crime afirmam que o local é tranqüilo e lamentam que a insegurança esteja por toda à parte.

Fotos: Xu Medeiros

Kibado do blog Xu Medeiros