Calendário Romano 2009 com jovens padres do Vaticano

Quando vi achei que era reflexo da crise mundial. Depois tomei conhecimento que era feito desde 2003. Então, fiquei sem ação e sem resposta. Não sei realmente o que dizer do Calendário Anual que o Vaticano lança com jovens padres. Apesar de afirmar que o objetivo do calendário é levar informação sobre o Vaticano para os católicos, não sei não, deve ter muita gente doida neste mundo que compra o calendário pensando em coisas mais pecaminosas.

padre_maio

O calendário ou as fotos avulsas podem ser compradas nos arredores do Vaticano, em bancas de revistas e lojas de souvenir ao preço de 10,00 Euros. E aí, você compraria o calendário?

Veja todos os “meses” aqui e o site oficial aqui.

Anúncios

3 comments so far

  1. […] Calendário Romano 2009 com jovens padres do Vaticano Quando vi achei que era reflexo da crise mundial. Depois tomei conhecimento que era feito desde 2003. Então, fiquei […] […]

  2. latifa moubarak on

    Minha cara, um calendário desse é bem vindo.. com muita coisa “pecaminosa” na cabeça.. é óbvio..ou vc acha que esses belos ragazzos tão aí pra inspirar oração?????

  3. Mônica França on

    A Igreja Católica como um todo vem mudando radicalmente, e para pior. Desde a época em que Leonardo Boff foi silenciado, censurado e afastado. Ele que é e sempre foi um grande intelectual, humanista, filósofo e pensador, do qual todos nós brasileiros temos que nos orgulhar, até hoje, quando somos tomados por essa alienante “Renovação Carismática Católica”, que nos deu de presente o [supostamente] jovem e belo Padre Marcelo com sua missa aeróbica, suas canções e rezas de terço repetitivas e hipnotizantes.
    A Renovação Carismática Católica foi criada nos Estados Unidos nos anos 60, numa época em que a maioria dos católicos brasileiros estavam com uma visão política, social e humanitária da religião bem avivada: havia as Comunidades Eclesiais de Base, onde se havia a ajuda material, mas também havia discussões políticas esclarecedoras do que estava acontecendo ao nosso país, e a Igreja não poderia aceitar o “socialismo” emergente.
    Hoje a Igreja tornou-se uma “Canção Nova” gigantesca, onde se vê aquele fervor exagerado e contagiante, onde as pessoas não pensam mais, não criticam, apenas se envolvem naquela adrenalina geral, e não pensam mais no próximo. Há os que “falam em línguas”, há os “exorcistas”, há as “curas de fé”. Uma exacerbação, um exagero, um materialismo que não me faz bem.
    E agora, para completar esse quadro tão deprimente, esse calendário de padres bonitos. O que é isso, meu Deus? Que caminho é esse que a Igreja está tomando? Que decadência, que desespero de atrair novos fiéis é esse? Será que a Igreja tem que transformar seus padres em mercadoria de consumo para atrair novos fiéis? Padres cantores, padres jovens e bonitos, padres atléticos, padres modelos fotográficos, padres aeróbicos. Cansei disso tudo. Sempre fui católica praticante, mas nesse caso, tô fora! O padre que me ensejou o maior engrandecimento espiritual era velhinho, feio, corcunda, era franciscano e andava com a bata puída e com as sandálias rotas de tanto que ele caminhava para ajudar os outros. Era um exemplo, tão amigo de todos, tão calmo, tão compreensivo, enfim, tão representante de Deus!
    A Igreja de hoje parece não ter, e não estimular também, o surgimento de padres como aquele velhinho franciscano. O que parece interessar agora é o já, o imediato, o ter acima do ser.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: