O tribunal das urnas

Na quarta o ministro Luiz Dulci disse que “O governo já foi julgado nas urnas democraticamente e recebeu uma aprovação consagradora do povo brasileiro. Esse é o julgamento. Na democracia, quem julga politicamente não são as pessoas, ainda que as opiniões sejam todas respeitadas. Quem julga na democracia é o povo soberano, e o povo soberano reelegeu consagradoramente o presidente Lula”.

A fala acima justifica tudo. Na Venezuela justifica a ditadura “solialista” de Hugo Chávez. Na Alemanha justifica também o Nazismo, bem como justifica a era de terror do islamismo de Muhammad Ahmadinejad. Mas não é onde quero chegar. A frase do Dulci é uma bobagem sem par, contudo gostaria de perguntar a ele se o Collor então foi absolvido pelo “julgamento das urnas”? E aí Dulci?

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: