Julgamento do STF não atinge governo, diz Dulci

luiz_dulci.jpg

O ministro Luiz Dulci (Secretaria Geral da Presidência) afirmou ontem em entrevista, ao ser indagado sobre o que achava do Supremo Tribunal Federal ter acolhido as denúncias oferecidas pela Procuradoria-Geral da República contra os envolvidos no escândalo do mensalão, que o resultado “não atinge a gestão” do presidente Lula. Para Dulci, o governo “já foi julgado nas urnas democraticamente”, recebendo “aprovação consagradora do povo brasileiro”.  Ora bolas! Se o acolhimento das denúncias pelo STF contra os 40 acusados no esquema de compra de votos no Congresso não respinga no governo, atinge a quem? AO Luisão e Fernandinho BOca de Louvor é que não é. E quem disse que urna é tribunal para julgar ou absolver? Cada um dos acusados tinha uma relação direta ou indireta com o Palácio do Planalto. Isso sem falar nos ex-ministros José Dirceu e Luiz Gushiken, homens fortes do governo durante o primeiro mandato de Lula e que foram denunciados por corrupção ativa e formação de quadrilha, no ex-presidente nacional do PT, José Genoíno, e ainda em Delúbio Soares, ex-tesoureiro do partido ao qual o presidente Lula está vinculado há mais de 25 anos.

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: