“Est modus in rebus”

Se existe um lema para a atual administração municipal de Montes Claros é “Est modus in rebus”, exatamente o que dizia o poeta Horácio (65 a.C. / 8 a.C.) sobre sua arte, ou seja, as coisas têm limite. Limite porque a condução da política municipal é coisa de cocheiro imberbe e inexperiente tentando domar uma carroça com um burrico em disparada.

É fato que a administração nunca teve um grande 1º escalão de servidores. Criou um samba do crioulo doido colocando técnicos sem nenhum conhecimento de gestão, ainda mais da coisa pública, misturado com militantes politiqueiros. O resultado é esta pífia condução administrativa sem qualquer resultado político positivo.

Ontem na reunião da Câmara mais um fiasco. Quando se pensava que a bancada do governo faria uma salva de elogios ao resultado da licitação que, entre mortos e feridos resultou em um pagamento de R$ 12 milhões de reais aos cofres municipais pelas atuais concessionárias do serviço público, ocorreu justamente o contrário.

O vereador Mameluque (PMDB) quase sufocou os governistas, que são maioria na casa, afirmando que a licitação só foi concluída porque a oposição não deixou haver maracutaia. Pura falácia. Mesmo não concordando muitas vezes com a atual administração devo reconhecer que foi o único prefeito com “peito” para conduzir a licitação. Por que o vereador Mameluque não lembrou que quando o partido, do qual é atual presidente, estava no comando municipal não teve coragem de fazer a licitação? Simplesmente renovou a concessão sem que houvesse pagamento de um centavo para os cofres públicos.

A culpa disto é justamente dos condutores da política municipal. Nesta prefeitura não tem Secretaria de Governo? Quem cuida da relação com os vereadores? Cadê o responsável pelas relações institucionais? E a toda poderosa secretaria de Comunicação, faz o quê? Será que ninguém pensou em munir os vereadores de munição para debater a licitação e enaltecer o ganho para a população?

Acho que agora, mesmo distante quase 12 meses do pleito de 2008, o sentimento geral da administração é “o ultimo a sair apaga a luz”. Que pena!

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: