Coca-Cola poderá ser comprada pelo celular em Minas Gerais

cocacola.jpg

Na hora daquela vontade de tomar um refrigerante, basta ter um celular em mãos. A Coca-Cola acaba de implantar em Belo Horizonte um sistema inédito no país que permite a venda de todos os seus produtos na rede de vending machines da companhia sem precisar inserir moedas ou notas. Quem traz a novidade para o Brasil é a Refrigerantes Minas Gerais (Remil), fabricante dos produtos Coca-Cola no estado, em parceria com a Coca-Cola Company, Telemig Celular, Visa e M-Pay (Mobile Payment System).

Para comprar refrigerantes, chás, sucos, energéticos ou águas da multinacional americana em vending machines via celular, o consumidor precisa só ter um cartão de crédito Visa e ligar para *2653 de um telefone da Telemig que, traduzido, quer dizer *Coke. Quem não é cliente da operadora também poderá usar o serviço, ligando para o número 9933-3333.

Foram instaladas 15 máquinas em maternidades, shoppings e lojas da Telemig Celular na capital mineira, que ficarão em funcionamento experimental durante 60 dias. Depois desse período, o número dessas na cidade subirá para 50. “O grande objetivo desse projeto é aumentar a conveniência para o consumidor, que poderá tomar qualquer produto da Coca-Cola mesmo se não tiver dinheiro no bolso”, afirma Washington Cabral, gerente de Tecnologia e Informação da Remil.

Ele explica que, a princípio, as máquinas aceitarão cédulas, moedas e o celular, mas a idéia é depois limitá-las ao uso do telefone móvel. “Também será possível reduzir o custo operacional dessas máquinas, pois controlaremos, em tempo real, os estoques das máquinas”, destaca. Depois do piloto, o sistema será expandido para outras bandeiras de cartão de crédito e de débito.

A Eslovênia, lugar de origem da M-Pay, é o único país do mundo onde a Coca-Cola vendia seus produtos pelo celular. Para Eduardo Camargo Garcia, área de produtos e estratégias de negócios da M-Pay, o potencial brasileiro para esse mercado é enorme. “Temos mais de 105 milhões de brasileiros que usam o celular. Buscamos um dispositivo que se identifique com esse público e que ofereça mecanismo inteligente e fácil de usar”, diz. “A idéia é atender o consumidor em situações adversas, onde ainda não há pagamento com o cartão de crédito”, completa.

Além da vantagem de ter o nome da Telemig associado ao de marcas mundialmente fortes, como Coca-Cola e Visa, Renato Resende Pontes, coordenador de Marketing da operadora, observa que a convergência de voz e dados permite uso variado do celular. “O Brasil é tardio nesse mercado, mas o pagamento pelo celular é tendência mundial”, diz. 

Fotos: Emmanuel Pinheiro(EM) e Camila Cantagalli(Divulgação)

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: