Archive for 22 de junho de 2007|Daily archive page

Charge do dia

renannu.gif

Anúncios

Lindo: Estádio olímpico João Havelange no Rio de Janeiro

estadiojoaohavelange11.jpg

 

estadiojoaohavelange2.jpg

Quem será o Golbery do PT?

golbery.jpgO governo Lula armou uma arapuca para o Brasil. Obedece aos banqueiros e credores pagando-lhe altíssimas taxa de juros, loteia a administração pública em um toma-lá-dá-cá vergonhoso e ri de todos ao vir conseguindo provar, com a reeleição de Lula e a sucessão de escândalos que enoja a quem ainda tem vergonha, que a opinião pública não serve para nada. Não precisa chavinizar o Brasil, não. O processo, aqui, é mais perverso – sutil. O País não avança economicamente, pois não há gestão, apenas “funciona”, mantendo taxas de crescimento pífias frente a um mundo que voa – o que nos mantém vivos são os aparelhos interconectados à globalização, à economia mundial, que cresce sem parar. Mas, o Brasil, não, segue segurando a lanterna. Enquanto isso, o governo Lula domina as instituições, achincalha-as – a cada dia mais um pouquinho, até, quem sabe, definitivamente provar que elas não servem para nada. E de outras instituições se serve, como da PF, que, num bailado ambíguo, ora se submete ora se volta contra seu tutor. De outro, por meio da microeconomia, distribui empréstimos a aposentados, bolsas-famílias e afins aos despolitizados a quem jurava mais cidadania, educação e saúde de qualidade. Ou seja, todos estão sendo atendidos nos seus interesses, menos a opinião pública. Que, para o governo, não tem do que reclamar. O Brasil é refém de um cérebro perverso. Em qual corpo se esconde? Lula? Não acredito; pelo conteúdo das gravações dos diálogos do seu irmão Vavá (“dá dois paus pra eu?”), recuso-me a acreditar. Quem será o Golbery do PT? Ainda temos três anos e meio de mandato para Lula. Até lá, a lógica poderá estar concluída. Qual será ela? Enquanto não a deciframos (Lula em 2010, 2014, 2020, 2024…?), uma obsessão não me deixa dormir: quem será o Golbery do PT?

Retirado do blog do Roberto Jefferson

Falta de pagamento à Telemar suspende escutas telefônicas da Polícia do Rio

Segundo o jornal EXTRA, há uma semana o setor de inteligência da Secretaria de Segurança interrompeu o rastreamento telefônico feito com autorização judicial. O problema é muito grave. Dezenas de investigações ficam paradas e outras voltam à estaca zero, porque os policiais param de monitorar os passos de bandidos perigosos.
A matéria revela que o problema se resume ao atraso no pagamento das contas telefônicas. Isso quer dizer que a Secretaria de Segurança tem o equipamento para rastrear, mas não tem acesso às linhas telefônicas. Falta de pagamento é incompetência e descaso com o trabalho dos policiais e principalmente desprezo pela população, que precisa de mais segurança.

Editorial: Agora, é guerra declarada

relaxaegoza.gif

Por Fernando Exman:
Os controladores de vôo resolveram declarar guerra ao governo e ao Comando da Aeronáutica. Revoltados com a demora do governo para reajustar os salários da categoria, a falta de interlocutores para a negociação e as falhas nos equipamentos de trabalho, cogitam realizar novas operações-padrões como as que fustigaram ontem passageiros em todo o país. Até as 18h30, a ação havia causado atrasos em 38,1% de 1.475 vôos previstos, segundo a Infraero.Depois de cobrar hora e dia para o fim do apagão no setor, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinou ontem ao comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, que adote as medidas necessárias para solucionar os problemas. Além disso, rechaçou o boato segundo o qual demitiria o presidente da Infraero, tenente-brigadeiro José Carlos Pereira. Nos bastidores, integrantes do governo reclamam da má-vontade dos controladores.

A insatisfação rendeu atitudes. A cúpula da Aeronáutica ampliou as investigações para descobrir se houve má-fé dos controladores. E alardeou que está disposta a punir líderes e responsáveis pela ação. A destoar no coro só o ministro da Fazenda, Guido Mantega, que preferiu trilhar o caminho aberto pela colega Marta Suplicy. Ele disse que o crescimento da economia causa o gargalo logístico. Leia mais aqui (link aberto)

Receita do PT com “dízimo” de filiados sobe 545%

pt.jpgDa Folha de S.Paulo, hoje:
“O crescimento da máquina administrativa do governo, sua ocupação por petistas e a criação de novos cargos têm rendido bons frutos ao caixa do partido. Nos quatro primeiros anos do governo Lula, houve um salto de 545%, já descontada a inflação, na arrecadação do “dízimo” com filiados que ocupam cargos de confiança no Executivo e Legislativo. O “dízimo” é um percentual do salário que cada um precisa recolher ao partido. Só nesta semana, Lula anunciou duas medidas que aumentam novamente o gasto com servidores sem concurso: um reajuste salarial que chega a 140% em alguns casos e a criação de mais 600 cargos de confiança em vários ministérios. Já são mais de 2.000 cargos sem concurso criados pelo petista.

No ano passado, só com o “dízimo”, o PT arrecadou R$ 2,88 milhões. Em 2002, último ano na oposição, foram R$ 446 mil, em valores atuais.”

Papéis de Renan saíram da prefeitura de “Renanzinho”

Da Folha de S.Paulo, hoje:
“Apresentadas como evidência da venda de grande volume de gado, as GTAs (Guias de Trânsito de Animal) fornecidas ao Conselho de Ética por Renan Calheiros foram emitidas pela Prefeitura de Murici, governada por seu filho, José Renan Calheiros Filho (PMDB).

As GTAs comprovam a movimentação de gado, por venda ou transferência. Em Murici, os dois funcionários municipais credenciados pela Secretaria de Agricultura que emitem o documento são subordinados ao chefe da Vigilância Sanitária local, Gualter Peixoto, que já foi apontado por Renan como veterinário de seu rebanho e como responsável pela comercialização de bois.

De tão afinado com os Calheiros, um desses funcionários -Edécio Fernandes da Silva- concorreu a uma vaga na Câmara Municipal na eleição passada pelo PMDB.

Funcionário da Vigilância Sanitária, Edécio foi credenciado para substituir Cláudio José da Silveira, o principal encarregado da emissão de GTAs, em caso de ausência. Foi o que aconteceu ontem.”

Manchetes do Dia (22/06)

Jornal de Notícias: Caça às bruxas de duas rodas

O Tempo: Lula promete manter o “Luz Para Todos”

Hoje em Dia: Designado terá aposentadoria

Estado de Minas: Acordo garante R$ 1,5 bi a MG