Renan inflou sua renda para justificar despesas

De Eugênia Lopes em O Estado de S. Paulo, hoje:
“O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), inflou seus vencimentos para tentar justificar sua renda. O artifício usado pelo senador foi a inclusão, entre suas fontes de recursos, da verba indenizatória paga aos parlamentares. Essa verba não é renda, não pode ir para o bolso dos parlamentares porque é um ressarcimento de despesas, como aluguel e combustíveis. Além disso, é paga mediante a apresentação de notas fiscais e não é tributável.

A planilha com todas fontes de renda de Renan, desde 2003 até o ano passado, faz parte de um dossiê de 28 páginas enviado pelo próprio senador a cada um dos 513 deputados. Na papelada, os recursos da verba indenizatória, em 2006, foram a segunda maior renda do senador e somaram R$ 244.632,68. Ficaram atrás apenas dos rendimentos obtidos com a atividade rural – R$ 720.169,36. Em salário, o presidente do Senado ganhou no ano passado R$ 130.613,66, valor bem abaixo da indenização.

Pelo quadro com a origem dos recursos de Renan, ele ganhou um total de R$ 1.145.179,13 em 2006. O valor registrado como verba indenizatória ultrapassa os R$ 15 mil mensais, que são o teto do benefício pago tanto a deputados quanto a senadores. Ou seja, o máximo de verba indenizatória por ano é de R$ 180 mil. Pela declaração de Renan, ele teria recebido mais de R$ 20 mil mensais da verba”.

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: