Palocci é condenado à perda de cargo em 2 decisões judiciais

O deputado federal, ex-prefeito de Ribeirão Preto e ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci Filho (PT) foi condenado em primeira instância à perda de função pública em duas decisões judiciais, ambas por improbidade administrativa. Cabe recurso contra as decisões. A primeira, por ter praticado gastos considerados irregulares na obra conhecida como Vale dos Rios, em Ribeirão. A obra, orçada em R$ 8 milhões, era um projeto de revitalização da área central da cidade. Segundo a decisão, Palocci não fez estudo de impacto ambiental da obra e infringiu o princípio constitucional da eficiência ao não priorizar um projeto contra enchentes. A segunda decisão analisou uma doação da prefeitura, em 2002, para a Associação Ribeirão-pretana dos Funcionários da USP, no valor de R$ 14.601. Foram condenados, além de Palocci, quatro secretários à época –João Theodoro Feres Sobrinho, Ralf Barquete, Aparecido Moreira e Donizeti Rosa– e dez vereadores que aprovaram o projeto.

Os parlamentares condenados são o atual presidente da Câmara, Wandeir Silva (PMDB), os atuais vereadores Leopoldo Paulino (PSB), Jorge Parada (PT), Coraucci Netto (DEM), Bertinho Scandiuzzi (PSDB) e Walter Gomes (PR) e os ex-vereadores Amauri de Souza, José Alfredo Carvalho, Luiz Geraldo Dias, Plauto Garcia Leal Filho e Waldyr Villela.
 
Fonte: Folhanews

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: