Frei Galvão vira santo e papa condena a mídia

papamissafreigalvao.jpg

Na cerimônia festiva em que canonizou Frei Galvão, no Campo de Marte, em São Paulo, ontem de manhã, o papa Bento XVI destacou as qualidades do primeiro santo brasileiro, para voltar a pregar a fidelidade e a castidade. E condenou os veículos de mídia que desprezam esses valores: ‘É preciso dizer não àqueles meios de comunicação social que ridicularizam a santidade do matrimônio e a virgindade antes do casamento’. À tarde, em encontro com 400 bispos, na Catedral da Sé, o pontífice pediu combate à %u201Cferida do divórcio’ e às uniões livres, e cuidado para evitar ‘desvios sexuais’. Também recomendou aos religiosos empenho pela justiça social e proteção aos menos favorecidos. Criticou ainda as seitas cristãs pela abordagem agressiva, na busca de adeptos. Cobrou empenho dos sacerdotes no trabalho de evangelização e recriminou movimentos reformistas na própria Igreja.

Fonte e Fotos: Estado de Minas

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: