Paulo Medina antecipou voto a colega

medina.jpg

Escutas telefônicas realizadas pela Polícia Federal na operação Furacão mostram que o ministro Paulo Medina, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), antecipou seu voto em um processo do qual era relator a um colega ligado à pessoa envolvida no caso. A conversa ocorreu no dia 1º de dezembro de 2006.

Medina foi procurado em seu celular pelo presidente do conselho deliberativo do Minas Tênis Clube, Paulo Eduardo Almeida de Mello.

Mello pergunta a Medina sobre um processo contra um diretor do Minas Tênis Clube, Fernando Furtado Ferreira, detido quando foi a outro clube conhecer um campo de golfe e, abordado pela segurança do local, apresentou uma carteira de policial civil falsa. Para ler mais clique aqui (link aberto)
 
Fonte: Jornal O Tempo / Foto: Arquivo

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: