Justiça dos EUA ameniza crime em processo contra Sobel

sobel.jpg

Patrícia Araújo do G1, em São Paulo, com informações da TV Globo em Nova York:
A Justiça dos Estados Unidos decidiu reclassificar o caso do Rabino Henry Sobel, que foi preso no dia 23 de março nos Estados Unidos, acusado de furtar cinco gravatas de marcas luxuosas.

A promotoria do estado norte-americano da Flórida informou que ele responde agora a apenas três acusações de pequenos furtos e transferiu o processo do tribunal estadual para o tribunal do condado de Palm Beach. Segundo a promotoria estadual da Flórida, no último dia 16, as acusações de furto foram reclassificadas pela promotora assistente Jill Richstone.

Com a diminuição nos agravantes da acusação, caso seja condenado, Sobel não corre mais o risco de ir para a cadeia. Como pequenos furtos são considerados delitos leves nos EUA, a pena prevista para esse tipo de delito é a prestação de serviços comunitários.

Ainda não há data marcada para a primeira audiência de Sobel no Tribunal do Condado de Palm Beach.

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: